Essa é uma história em quadrinhos de quatro páginas que escrevi e foi desenhada pelo Angelo Ron, que também é o desenhista de Nova Hélade.

“A Jornada do Quadrinista” foi publicada originalmente na segunda edição do fanzine PutzGrila. Esse fanzine foi produzido durante um curso de quadrinhos que fiz no segundo semestre de 2005, e que foi ministrado pelos professores Waldomiro Vergueiro e Sonia Luyten, e também pelos quadrinistas Gual e Jal.

O interessante desse quadrinho é que eu fiz ele sem nenhum balão de fala ou recordatório. Muita gente acha que uma HQ sem diálogos é mais fácil de se escrever, mas na verdade, é bem mais difícil, principalmente para roteiristas que não desenham como é o meu caso, pois você tem que se dedicar muito mais a fazer uma boa descrição do cenário e da quadrinização das páginas para que desta forma o desenhista possa transformar seu roteiro em um quadrinhos que seja inteligível apenas pelas imagens.

Por fim, o objetivo que eu pretendia com essa história era fazer uma alegoria entre a jornada do herói e a jornada do próprio quadrinista através da relação sutíl que existe entre o criador e suas criações.

Mas se essa história em quadrinhos conseguiu cumprir seu objetivo, só vocês podem me dizer. =)