Indicados ao HQ Mix 2007

Na semana passada foi revelado os indicados ao 19º Troféu HQ Mix, que a grosso modo pode ser definido como o oscar dos quadrinhos no Brasil. E eu estou concorrendo ao prêmio de forma indireta com a PutzGrila, do qual eu participei com a hq A Jornada do Quadrinhista, e que está concorrendo na categoria de prozine. Mas eu sinceramente acho que as chances da PutzGrila ganhar são bem pequenas, pois a revista teve uma tiragem baixa, e pouca gente teve acesso a ela. Mas de todo modo, fica aqui a torcida.

Segue abaixo todos os indicados nas 49 categorias do HQ Mix, copiado descaradamente do Blog dos Quadrinhos.

Desenhista nacional

Fido Nesti, Flávio Luiz, Gabriel Bá e Fábio Moon, Ivan Reis, Lourenço Mutarelli, Mascaro, Samuel Casal

Desenhista estrangeiro

Alex Maleev, Frank Quitely, Hugo Pratt, John Cassady, Milo Manara, Moebius, Takehiro Inoue

Desenhista revelação

Beto Nicácio, Fábio Lyra, Júlio Brilha, Kléber Sales, Manoel Magalhães, Otoniel Oliveira, Ricardo Leite

Ilustrador

Biry, Kako, Mário, Bag, Negreiros, Orlando, Patrícia Lima, Walter Vasconcelos

Ilustrador de livro infantil

Alê Abreu, Angela Lago, Daniel Bueno, Fernando Vilela, Graça Lima, Michele Iacocca, Suppa

Chargista

Angeli, Aroeira, Bennet, Chico Caruso, Dalcio, Jean, Novaes

Publicação de Charges

“Antologia do Pasquim – Vol. 1”, “Avenida Brasil: Se Meu Rolls-Royce Falasse”, “CorruPTos?… Mas Quem Não É?”, “Edição de Risco”, “Humor Cerrado”, “Lula Lá – A (O)Missão”, “Onde Foi Que Eu Errei?”

Caricatura

Baptistão, Bira Dantas, Dálcio, Fernandes, Gilmar Fraga, Gustavo Duarte, Loredano

Cartunista

Allan Sieber, Biratan, Dacosta, Gilmar, Jota A, Laerte, Santiago

Publicação de cartuns

“Antologia do Pasquim – Vol. 1”, “Curvas Perigosas 1 e 2”, “Edição de Risco”, “Gip! Gip! Nheco! Nheco!”, “Humor Cerrado”, “Onde Foi que Eu Errei?”, “Stockadas”

Tira nacional

Aline (Adão Iturrusgarai), Animatiras (Jean), Chiclete com Banana (Angeli), Níquel Náusea (Fernando Gonsales), Ócios do Ofício (Gilmar), Piratas do Tietê (Laerte), Vida de Estagiário (Allan Sieber)

Publicação de tiras

“Cabeça Oca 6”, “Geraldão – Edipão, Surfistão & Gravidão”, “Níquel Náusea: Tédio no Chiqueiro”, “Ozzy 1 – Caramba! Mas que Garoto Rabugento”, “Piratas do Tietê – A Escória em Quadrinhos”, “Radicci 6”, “Tiras de Letra Todo Dia”

Revista de aventura

“Conan, o Cimério”, “Demolidor”, “J.Kendall – As Aventuras de uma Criminóloga”, “Ken Parker”, “Lobo Solitário”, “Mágico Vento”, “Marvel Millennium”

Revista infantil

“As Meninas Superpoderosas”, “Chico Bento”, “Julieta”, “Mônica”, “O Menino Maluquinho”, “Tio Patinhas”, “Witch”

Publicação de clássicos

“As Aventuras de Tintim – O Caranguejo das Pinças de Ouro”, “Corto Maltese – A Balada do Mar Salgado”, “Grandes Clássicos DC 7 e 8 – Lanterna Verde/Arqueiro Verde”, “Luluzinha Vai às Compras”, “O Melhor da Disney – As Obras Completas de Carl Barks”, “Watchmen”

Publicação de humor

“Antologia do Pasquim – Vol. 1”, “Capitão Presença”, “Níquel Náusea – Tédio no Chiqueiro”, “Revista F” (nº 4), “Roko-Loko e Adrina-Lina – Born to Be Wild”, “Seis Mãos Bobas”, “Zongo Cômiques”

Publicação Mix

“Banda Grossa”, “Domínio Público”, “Front 17”, “Graffiti 76%” (nº 15), “Juke Box”, “Marvel Max”, “Mosh!”

Publicação de terror

“Aberrações – No Coração da América”, “Crimes Macabros”, “Lovecraft”, “Monster”, “Os Mortos-Vios – Dias Passados”, “Reino dos Malditos”, “Uzumaki – A Espiral do Horror”

Publicação erótica

“A Metamorfose de Lucius”, “Bórgia 2”, “Clic”, “Giovanna”, “Gullivera”, “Omaha – The Cat Dancer”, “Valentina – Crepax 65-66”

Publicação independente

“10 Pãezinhos – Um Dia, Uma Noite”, “Chapa Quente”, “Domínio Público”, “Escantarias”, “Jayne Mastodonte”, “Mosh!”, “Muiraquitã”

Edição especial estrangeira

“Chosen – O Eleito do Senhor”, “Corto Maltese – Sob o Signo do Capricórnio”, “El Gaucho”, “Incal”, “Mas Ele Diz que me Ama”, “O Gato do Rabino”, “Sandman – Estação das Brumas”

Edição especial nacional

“10 Pãezinhos – Mesa para Dois”, “Caixa de Areia”, “Chapa Quente”, “Destino: Oeste”, “Encantarias”, “O Instituto”, “O Messias”

Minissérie

“Adolf”, “Conan – Hinos dos Mortos”, “Crise de Identidade”, “DC: A Nova Fronteira”, “Dinastia M”, “Lanterna Verde – Renascimento”, “Superman/Shazam – O Primeiro Trovão”

Álbum de aventura

“100 Balas – Blues para um Minuteman”, “Goon – O Casca-Grossa”, “Invencível – Oito é Demais”, “Liga da Justiça & Vingadores”, “Nausicaã do Vale do Vento”, “Planetary – O Quarto Homem”, “XIII”

Álbum infantil

“As Aventuras de Osvaldo”, “Cabeça Oca 6”, “Coleção as Melhores Tiras – Mônica”, “Jupré”, “O Menino do Kampung”, “Ozzy 1 – Caramba! Mas que Garoto Rabugento”, “Turma do Xaxado – Lendas e Mistérios”

Fanzine

“Cobaia”, “Efeito Dominó”, “Justiça Eterna”, “Mazeboy”, “No Fiofó Todo Dia”, “Shortcuts”, “Subterrâneo”

Prozine (fanzine de profissionais, escolas ou cursos)

“A Mosca no Copo de Vidro”, “Areia Hostil”, “Peixe Frito”, “Prismarte”, “Putzgrila”, “Top! Top!”

Livro teórico

“Almanaque dos Quadrinhos”, “Benício – Um Perfil do Mestre das Pin-Ups e dos Cartazes de Cinema”, “Biblioteca dos Quadrinhos”, “Homens do Amanhã”, “Mangá – Como o Japão Reinventou os Quadrinhos”, “Mauricio – Quadrinho a Quadrinho”, “Tico-Tico 100 Anos – Centenário da Primeira Revista de Quadrinhos do Brasil”

Site de autor

Adão (http://www2.uol.com.br/adaoonline/v2/)

Biratan (http://www.biratan.com.br)

Caco Galhardo (http://www2.uol.com.br/cacogalhardo/)

Fido Nesti (http://www.fidonesti.com.br/)

Leandro Robles (http://escoladeanimais.com)

Ricardo Soares (http://www.studioricardosoares.com.br/)

Samuel Casal (http://www.samuelcasal.com/)

Blog / Flog de artista gráfico

Gabriel Bá e Fábio Moon (http://10paezinhos.blog.uol.com.br)

Gabriel Renner (http://www.estudiopinel.com)

JAL (http://www.jalcartoon.nafoto.net)

Orlandeli (http://blogorlandeli.zip.net/index.html)

Rodrigo Rosa (http://www.blogdedesenho.blogger.com.br/)

Solda (http://cartunistasolda.blogspot.com/)

Weberson Santiago (http://webersonsantiago.blogspot.com/)

Site de quadrinhos

Cuca e Racha (http://cucaeracha.zip.net)

Escola de Animais (http://www.escoladeanimais.com/)

Mundo Canibal (http://www.mundocanibal.com.br/)

Nostalgia do Terror (http://www.nostalgiadoterror.com/)

O Gralha (http://www.ogralha.com.br/)

Pop Balões (http://www.popbaloes.com/)

Quadrinhos Online (http://www.quadrinhosonline.com.br/)

Site sobre quadrinhos

A Arca (http://a-arca.uol.com.br)

Bigorna (www.bigorna.net)

Fábrica de Quadrinhos (www.fabricadequadrinhos.com.br)

Fanboy (www.fanboy.com.br)

Hq Maniacs (www.hqmaniacs.com)

Pop Balões (http://www.popbaloes.com.br/)

Universo HQ (www.universohq.com)

Editora do ano

Companhia das Letras, Conrad, Devir, Mythos, Opera Graphica, Panini, Pixel

Projeto editorial

Cidades Ilustradas – Cidades de Ouro (Casa 21), Clássicos em HQs (Peirópolis), “Ken Parker” (Tapejara), “Linha Pocket” (L&PM), “Lusíadas 2500” (Editora Nacional), “Republicação de Clássicos Marvel” (Panini), Sandman (Conrad)

Salão de humor

14º Salão de Humor Universitário de Piracicaba, 16º Salão Carioca de Humor, 19º Salão de Humor de Volta Redonda, 24º Salão de Humor deo Piauí, 2º Salão de Humor de Paraguaçu Paulista, 33º Salão de Humor de Piracicaba, 8º Festival de Humor e Quadrinhos de Pernambuco

Exposição

“A História do Futebol no Brasil através da Charge”, “As Histórias em Quadrinhos da Democracia Espanhola”, “Cidades de Ouro – Cidades Ilustradas”, “Eu… Camisa 10”, “Quadrinhofilia”, “Santos-Dumont e a Turma da Mônica”, “Simplesmente Quino”

Evento

3º Anime Dreams (São Paulo), 6º Sana (Fortaleza), 7º Encontro Anual dos Cartunistas (São Paulo), Anime Friends (São Paulo), Festival de Quadrinhos Fnac no Parque Literário (Brasília), HQ Festival (Aracaju), Ilustra Brasil 3 (São Paulo)

Adaptação para outro veículo

Teatro: “Graphic”, “Homem voa?”

Propaganda: novas Havaianas com cartuns

Cinema: “Gatão de Meia Idade”, “Superman – O Retorno”, “Wood & Stock – Sexo, Orégano e Rock´n Roll”, “X-Men 3 – O Confronto Final”

Animação

“Cadê o Verde que Estava Aqui?”, Curta TYGER de Guilherme Marcondes, longa “Wood & Stock – Sexo, Orégano e Rock´n Roll”, série Anabel, série nacional do Cartoon Network, série Liga MTV

Jornalista especializado

Carol Almeida, Gonçalo Junior, Marko Ajdaric, Paulo Ramos, Pedro Cirne, Sidney Gusman, Telio Navega

Publicação sobre quadrinhos

“Crash!”, “Herói”, “Marvel Blast!”, “Mundo dos Super-Heróis”, “Neo Tokyo”, “Quadreca”, “Wizard/Wizmania”

Não Alimente os Fanzineiros

Não Alimente os Fanzineiros

Esta é a versão 2007 da placa Não Alimente os Fanzineiros. O desenho é do Rodrigo Solsona e nós o colamos em cima de um cartaz personalizado de “Proibido Fumar” do Anime Dreams.

Começamos com isso como uma simples brincadeira no Anime Dreams do ano passado, um tipo de (auto)crítica sarcástica e irônica. Mas a placa tá fazendo tanto sucesso com os fanzineiros que estou vendo com o Rodrigo de fazermos camisetas com a mensagem. Pesquisando por alto, já deu pra ver que tem gente que compraria.

É claro que existe aqueles fanzineiros que não curtiram nenhum pouco a brincadeira e sentiram ofendidos. Mas se um fanzineiro se leva tão a sério a ponto de se ofender com uma coisa dessas, nem merece minha consideração. Aliás, eu não levo a sério nenhuma pessoa que se leve a sério. A elas, só recomendo o conselho do Eric Idle.

Quadrinhos de Cordel

Barraca de Fanzines

Na minha barraca de fanzines na Feira de Artes, Cultura e Laser de Osasco, tenho o costume de deixar os fanzines pendurados em cordas estendidas pela barraca como se fossem um varal de roupas. Isso sempre acaba gerando a seguinte pergunta das pessoas: “O que é isso? Literatura de Cordel?” Ao que eu prontamente respondo: “Não, é Quadrinhos de Cordel”. =)

Estou com essa barraca de fanzines na feira desde outubro do ano passado, e o que percebi neste poucos mais de três meses é que o público em geral não faz a mínima ideia do que é e principalmente, de que existe quadrinhos brasileiro além da Turma da Mônica.

Mas isso não é algo ruim não. Pelo menos não de todo ruim. Ao contrário de muitos leitores de quadrinhos que não leem quadrinhos brasileira por puro preconceito, esse público da feira não lê por simples ignorância mesmo. E quando digo ignorância, não utilizo a palavra no sentido pejorativo. Eles ignoram os quadrinhos brasileiros simplesmente porque nunca antes tiveram contato com essa produção.

Cabe então apresentar esses quadrinhos a eles. Essa é na minha humilde opinião a saída pro quadrinho brasileiro. É criar público novo. Não foque apenas em quem já é leitor habitual de quadrinhos. Você quadrinista independente deve mirar também no público leitor em geral. Mas cabe aqui uma ressalva. Focar no público geral não quer dizer que você não possa fazer histórias para um público de nicho. Pelo contrário. Não só pode como deve. Mas, novamente, nunca se limite apenas a quem já é leitor de quadrinhos. Lembre-se, é preciso criar público novo. Se você meu amigo quadrinista fizer isso, estará conseguindo uma proeza que nem mesmo as grandes editoras mais conseguem fazer.

E é o que venho tentando fazer na minha barraca de fanzines. O Homem-Grilo tem agora uma parcela de leitores que antes nem sequer tinham o hábito de ler quadrinhos. Se me dissessem há um tempo atrás que meu personagem seria capaz de criar novos leitores de quadrinhos, nem eu mesmo acreditaria. E ainda mais novos leitores entre as crianças. Mas abordarei essa questão com mais detalhes em um post futuro.

Ricardo Desenhando

23º Prêmio Angelo Agostini

Já saiu o resultado do 23º Prêmio Angelo Agostini. Confiram abaixo os vencedores:

Melhor Desenhista de 2006: Fábio Moon e Gabriel Bá
Melhor Roteirista de 2006: Anita Costa Prado
Melhor Cartunista de 2006: Márcio Baraldi
Melhor Lançamento de 2006: Katita, Tiras Sem Preconceito (Editora Marca de Fantasia)
Melhor Fanzine de 2006: Justiça Eterna de Sérgio Chaves

Troféu Jayme Cortez: Edgard Guimarães
Mestres do Quadrinho Nacional: Gutemberg Monteiro, Luiz Teixeira da Silva (Tule) e Xalberto

Como vocês podem perceber, a minha campanha “Não vote nos Gêmeos, vote na Camila!” não deu muito certo, já que eles levaram como melhor desenhista mais uma vez. Nada contra os gêmeos, é claro, mas bem que alguém novo podia ganhar o prêmio. E a Garagem Hermética também não ganhou. Tudo bem, eu nem queria mesmo.

A entrega dos prêmios será no dia 10 de fevereiro no SENAC Lapa Scipião. Mas antes da premiação, irá rolar também diversas palestras sobre quadrinhos, entre elas, uma sobre Edição de Revistas Independentes da qual eu irei participar junto com outros quadrinistas independentes (o que descarta a possibilidade de eu explodir o evento como vingança por não ter ganhado).

De minha parte eu espero transformar essa palestra em algo muito parecido com uma mesa-redonda de futebol na televisão, com muitos palavrões e xingamentos. Vai ser algo do tipo “qualé mermão, essa bagaça que tú rabisca ae é mó merda, num serve nem pá limpá a bunda!”. Convenhamos, arrumar barraco é muito mais divertido! 😉

Pra saber mais detalhes sobre a premiação, visite o site do Zine Brasil.

Fanzines na Feira Cultural de Osasco

Com a função de resgatar o espaço público como área de lazer e convivência, é realizada todo domingo das 13h às 20h no estacionamento da prefeitura de Osasco a Feira de Artes, Cultura e Lazer, organizada pela Secretária da Cultura de Osasco. A feira tem como objetivo valorizar a cultura nacional, abrindo espaço para artistas novos e emergentes na área de moda, design, artesanato, música, culinária típica, e agora também quadrinhos, com a recente barraca de fanzines e quadrinhos independente que foi inaugurada na feira, administrada por mim.

A barraca está aberta para qualquer fanzineiro que queira vender seus fanzines nela. Nenhuma comissão é cobrada e o dinheiro da venda dos fanzines é repassado integralmente para o fanzineiro, pois o objetivo da barraca não é a obtenção de lucro, mas sim divulgar a crescente produção brasileira de fanzines e quadrinhos independente, esperando desta forma contribuir para o fortalecimento do mercado de quadrinhos nacional.

Além das barracas de artesanato, a Feira de Artes, Cultura e Lazer conta também com um palco onde são realizados shows musicais e apresentações artísticas.

Dados Técnicos da Feira de Artes, Cultura e Lazer de Osasco – Local: No estacionamento da Prefeitura, R. Narciso Sturlini, Vila Bussocaba – Osasco. Horário: Das 13h00 às 20h00, e durante dezembro, até às 21h00.