Como Fazer uma História em Quadrinhos e Entrar no Mercado de HQs

Apesar de não ser nenhum expert em quadrinhos, esse ano vai fazer dez anos que estou trabalhando com HQs, e por isso costumo receber muitas perguntas e dúvidas da galera que está começando agora ou quer começar. E essas perguntas podem ser resumidas em basicamente duas: Como se faz uma história em quadrinhos? E como se faz pra entrar no mercado de quadrinhos?

Bem, eu vou deixar que dois mestres dos quadrinhos respondam essas perguntas por mim, usando para isso os próprios quadrinhos.

O primeiro deles é o Laerte, em uma página de quadrinhos que ele fez para a edição nº 9 da revista Piratas do Tietê publicada em maio de 1991.

Laerte - Como Fazer um Fanzine

E o nosso segundo mestre é o Scott McCloud. Vamos ver o que ele diz nesta página retirada de seu livro Reiventando os Quadrinhos publicado originalmente em 2000.

Scott McCloud - Como fazer uma Revista em Quadrinhos

Pois bem, como o Laerte e o McCloud deixam claro em suas HQs, começar a publicar e vender sua própria revista em quadrinhos é algo bem simples, não requer prática, muito menos experiência, e nem necessita da presença de um adulto por perto. =)

E hoje fazer e publicar quadrinhos é ainda mais fácil, e não requer nenhum gasto com impressões ou xerocs. Você só precisa montar um blog/site e começar a publicar seus quadrinhos na Internet como eu faço. E então basta você conquistar os seus mil fãs verdadeiros que irão bancar a sua produção.

É claro que essa sustentabilidade da sua produção de quadrinhos não virá da noite para o dia. É preciso de alguns anos publicando constantemente, e ganhando quase nada, para que isso aconteça. Por isso, para viver fazendo quadrinhos é preciso de muita força de vontade, autodisciplina e perseverança. Não é algo fácil, mas, afinal de contas, o que nessa vida é? =D

Fotos do Lançamento da PutzGrila

Para quem quiser conferir todas as fotos que foram tiradas durante o lançamento da PutzGrila, basta visitar o nosso albúm de fotos no Flickr.

E a quem não foi no lançamento da PutzGrila nº2, só posso dizer que perdeu um evento muito legal. Principalmente pela Jam Session de quadrinhos que realizamos. No começo eu estava meio apreensivo se aquilo iria dar certo ou não, já que nunca havíamos feito alguma coisa assim ao vivo (e arriscaria dizer que ninguém mais havia feito algo assim, ao menos no Brasil). Mas depois que eu vi a coisa funcionando, foi demais.

Tentem imaginar uma HQ coletiva iniciada por Rodolfo Zalla, e que ainda contou com a participação de quadrinhistas do naipe de Fábio Cobiaco, Felipe Cunha, Sandro Castelli, Sam Hart, entre outros. Todos eles desenhando ao vivo para o público. Certamente foi algo fabuloso de se presenciar. Espero que possamos fazer uma outra dessas futuramente.

E para mais informação sobre o evento, além de conferir algumas fotos, visitem o site Bigorna.